Viagem

Circuito Caminho da Paz

em

Eu fiquei sabendo sobre o Caminho da Paz pela internet já tem alguns anos. Se bem me lembro, foi em uma página do Facebook na qual eu cliquei e fui conferir do que se tratava. Depois disso deixei esse Circuito como uma meta pra eu fazer quando tivesse um tempo.

Alguns meses se passaram e meu amigo Serginho cogitou comigo se não era hora da gente aproveitar um feriado e fazer essa rota. Concordei e assim começamos a planejar.

Decidimos que iriamos fazer todo trajeto em três dias. Sairíamos de casa na sexta a noite e durante o sábado, domingo e segunda íamos pedalar. E assim foi feito.

No sábado de manhã saímos da Pousada Paraiso das Águas em Itirapina. A meta era dormir em Tambaú depois de rodar 170 km mais ou menos. Mas não foi bem isso que aconteceu. Como não tínhamos certeza se daria certo, não reservamos pousada nenhuma. Ao fim do dia paramos no Distrito de Pirassununga chamado Cachoeira das Emas. Nos foi indicado uma pousada nesse distrito quando passávamos por Pirassununga. Rodamos 133 km em um dia tranquilo, porém de muito sol. Pegamos um trecho de areia chegando a Analândia que nos fez descer da bike. De resto foi na boa.

O segundo dia saímos com um vento contra que derrubou muito nossa média.  De Cachoeira das Emas até Santa Cruz das Palmeiras andamos por uma vicinal de asfalto com muita dificuldade. Passamos por Tambaú, almoçamos em Santa Rita do Passa Quatro e seguimos para dormir em Descalvado. Neste dia foram mais 125 km de pedal.

O terceiro e último dia de pedal foi mais tranquilo. Não pegamos vento muito forte, o céu estava nublado e por isso o pedal rendeu um pouco mais. Chegamos de volta a Itirapina não eram quatro horas da tarde. Nosso carro ficou na pousada onde tomamos um banho e voltamos pra casa depois de um pedal de 130 km.

O Circuito Caminho da Paz é um pedal bacana de ser feito. Todo o trajeto está muito bem sinalizado. Levamos o mapa no Garmin, porém se não tivéssemos com ele não teria problema nenhum ou risco de se perder. Os responsáveis estão de parabéns por isso. Outro ponto positivo foi que não tivemos problema em lugar nenhum para dormir e para comer. Fomos bem recebidos em todas as pousadas e restaurantes nesses três dias.

Fazer esse pedal foi um desafio muito prazeroso. Pedalar todos esses quilômetros em três dias não é fácil. Tem que vá fazer em menos tempo para conhecer melhor as cidades e todos os seus atrativos. Nós estávamos com a ideia de fazer por um desafio físico e em um ritmo mais rápido. No canal do You Tube também tem um vídeo de todo Caminho da Paz com alguns momentos dessa aventura editado de uma forma muito bacana.

Mas seja qual for sua meta, fazer um pedal desse será sempre um grande experiência. Por isso, se estiver com vontade, planeja e faça.

Grande abraço a todos e bom pedal.

circuito caminho da paz, caminho da paz, caminho da fé, cicloturismo, cicloviagem,andando de bike, blog andando de bike

circuito caminho da paz, caminho da paz, caminho da fé, cicloturismo, cicloviagem,andando de bike, blog andando de bike

circuito caminho da paz, caminho da paz, caminho da fé, cicloturismo, cicloviagem,andando de bike, blog andando de bike

circuito caminho da paz, caminho da paz, caminho da fé, cicloturismo, cicloviagem,andando de bike, blog andando de bike

circuito caminho da paz, caminho da paz, caminho da fé, cicloturismo, cicloviagem,andando de bike, blog andando de bike

circuito caminho da paz, caminho da paz, caminho da fé, cicloturismo, cicloviagem,andando de bike, blog andando de bike

circuito caminho da paz, caminho da paz, caminho da fé, cicloturismo, cicloviagem,andando de bike, blog andando de bike

circuito caminho da paz, caminho da paz, caminho da fé, cicloturismo, cicloviagem,andando de bike, blog andando de bike

circuito caminho da paz, caminho da paz, caminho da fé, cicloturismo, cicloviagem,andando de bike, blog andando de bike

Sobre andandodebike

Olá, meu nome é Mauricio Gouveia, sou ciclista e fotógrafo e nesse Blog vou contar um pouco pra vocês sobre os lugares que eu pedalo e, dessa forma, quem quiser pedalar nesses lugares terá um pouco de informação de como chegar, por onde começar, distancias, dificuldades e outros detalhes. Ajudem a compartilhar e divulgar esse Blog pra que mais pessoas aproveitem as dicas e peguem suas bikes pra fazer essas pedaladas que são muito bacanas e faz muito bem pra vida. Espero que gostem e por favor comentem e deixem recados pra me ajudarem a construir um lugar interessante de informações pra quem quer se divertir de bicicleta. Abraços. Mauricio Gouveia

Recommended for you

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *