Dicas

Como Transportar sua Bike no Avião

em

Eu sempre tive muitas dúvidas em como carregar minha bicicleta em uma viagem de avião. Assiste a videos no You Tube, li alguns blogs, mas na hora que chega sua vez é normal ficar inseguro e pensando se sua magrela vai chegar inteira pro seu pedal. Eu vou tentar contar tudo como aconteceu comigo e, se alguém ficar com alguma dúvida, pode entrar em contato que ajudarei como puder.

A primeira dúvida foi em como embalar a bicicleta. Li algumas experiências na internet de gente que a embalou somente em plástico bolha, outros carregaram na própria caixa e alguns que já até levaram a bicicleta montada. Uma das opções mais divulgadas que eu vi é a mala bike. E foi por ela que optei, mesmo porque eu já tenho outras viagens programadas e a mala bike já seria útil nelas também. E outra, a empresa que eu comprei as passagens não me dava a opção de leva-la montada, que talvez fosse a melhor das formas.

mauricio gouveia, andando de bike, blog andando de bike, site andando de bike, como transporta sua bike no avião, trasporte de bicicleta, mala bike, corisco, specializes, transportando a bike

mauricio gouveia, andando de bike, blog andando de bike, site andando de bike, como transporta sua bike no avião, trasporte de bicicleta, mala bike, corisco, specializes, transportando a bike mauricio gouveia, andando de bike, blog andando de bike, site andando de bike, como transporta sua bike no avião, trasporte de bicicleta, mala bike, corisco, specializes, transportando a bike mauricio gouveia, andando de bike, blog andando de bike, site andando de bike, como transporta sua bike no avião, trasporte de bicicleta, mala bike, corisco, specializes, transportando a bike mauricio gouveia, andando de bike, blog andando de bike, site andando de bike, como transporta sua bike no avião, trasporte de bicicleta, mala bike, corisco, specializes, transportando a bike

Mas qual mala bike comprar?

Existem vários modelos de mala bike, de diversas marcas e variados preços. A minha intenção aqui não é descrever todos os tipos de mala bike. Você vai ter que escolher o seu de acordo com seu bolso e suas necessidades. Eu precisava de uma mala bike que eu pudesse carregar em viagens de cicloturismo. Essa viagem que eu fiz ao Chile não era o caso. Para o Chile eu levei a bicicleta com a intenção de subir a Cordilheira dos Andes. Um pedal que eu faria em um mesmo dia. Porém em outras viagens eu pretendo sair de um ponto e chegar a outro depois de alguns dias. Dessa forma a mala bike teria que ser carregada comigo. Por isso eu optei por uma mala bike de material leve e que pode ser dobrado e guardado dentro do alforge. Isso é um vantagem que eu tenho com esse tipo de mala bike. Porém, nem sempre é possível ganhar em tudo. Minha desvantagem é que a bicicleta não fica das mais protegidas e, com isso, você precisa improvisar algumas coisa pra poder protege-la durante o voo, principalmente nas companhias aéreas no Brasil, onde a gente ouve diversos relatos de roubos e falta de cuidados com a bagagem dos passageiros.

Agora minha preocupação era com as partes frágeis da bicicleta. Disco de freio, câmbio traseiro, gancheira e o apoio dela no chão enquanto não estava sendo carregada. Depois das rodas tiradas da bike percebi que a suspensão e a coroa dianteira ficariam apoiadas ao chão quando a mala não estivesse sendo carregada, então providenciei alguns pedaços de espuma para proteger essa parte. Dessa forma eu protegia a bicicleta e a própria mala bike, sem correr o risco de rasga-la. O câmbio traseiro eu resolvi prender na parte interna do quadro com fita crepe e plástico bolha. Dessa forma não teria o risco de bater em nenhum lugar protegendo também a gancheira. Os pedais você tem a opção de deixar ou tirar. Eu tirei os meus pra facilitar o transporte da bike pela alça da mala, evitando que minha perna batesse nele conforme eu caminhava. Mas talvez deixando eles no lugar poderiam servir como uma proteção caso alguém colocasse alguma coisa em cima da bicicleta. As rodas foram colocadas dentro de um compartimento próprio para elas. Optei por deixar os discos de freios voltados para a parte interna e tirar o eixo do blocante para evitar algum eventual dano. Talvez essa não tenha sido uma boa opção. Depois da bike montada no hotel em Santiago no Chile percebi que um dos discos estava pegando na pastilha. Achei que fosse só fazer um ajuste, porém não era. O disco estava levemente torto e eu tive que desentorta-lo na mão, com muito cuidado pra não piorar a situação.

mauricio gouveia, andando de bike, blog andando de bike, site andando de bike, como transporta sua bike no avião, trasporte de bicicleta, mala bike, corisco, specializes, transportando a bike mauricio gouveia, andando de bike, blog andando de bike, site andando de bike, como transporta sua bike no avião, trasporte de bicicleta, mala bike, corisco, specializes, transportando a bike

A logística para transportar a bicicleta não foi muito complicada e os gastos não se elevaram tanto. De onde eu moro eu fui de ônibus para São Paulo e não gastei nada a mais para trasporta-la. Da rodoviária da Barra Funda para o aeroporto de Guarulhos eu peguei um táxi tipo perua que não me cobrou nada a mais para coloca-la no porta mala. Ela foi deitada em cima das malas e com uma parte apoiada em cima do banco traseiro. Bem tranquilo de colocar ela lá dentro.

Em um voo internacional você tem direito de carregar até 23 quilogramas. Acima disso você tem que pagar um valor por quilo que ultrapasse esse total. Como eu estava viajando com minha mulher e minha filha, e compramos as passagens juntos e fomos fazer o check-in juntos, podíamos somar todas nossas bagagens e dividir pelos três. Se não ultrapassasse o total de 23 kg por pessoa eu não precisaria pagar nada a mais pelo transporte da bike. Eu não sabia quanto estávamos carregando no total e fiquei na dúvida se iria ultrapassar, mas não ultrapassou e eu não tive custo nenhum a mais para coloca-la no avião. O único lugar que eu gastei um pouco a mais para carregar a bicicleta foi em Santiago na viagem do aeroporto para o hotel. Lá eu tive que pegar uma Van que cabiam sete pessoas. Por isso ficou um pouco mais caro.

mauricio gouveia, andando de bike, blog andando de bike, site andando de bike, como transporta sua bike no avião, trasporte de bicicleta, mala bike, corisco, specializes, transportando a bike mauricio gouveia, andando de bike, blog andando de bike, site andando de bike, como transporta sua bike no avião, trasporte de bicicleta, mala bike, corisco, specializes, transportando a bike

O único problema que eu tive na bicicleta foi com um dos meus discos de freio como eu relatei acima. Porém não foi algo que impedisse eu de pedalar. Você não pode esquecer de esvaziar os pneus da bike para transporta-la no avião. Se você deixa-los cheios corre o risco de estourar durante o voo. No aeroporto aqui no Brasil ninguém falou isso pra mim. Se eu já não soubesse disso poderia ter tido um prejuízo grande mais a mão de obra de ter que correr atras de um lugar para comprar pneu e camera. Já na volta no aeroporto em Santiago, a menina do check-in me perguntou se eu tinha esvaziado eles.

Essa foi a maneira que eu arrumei para trasportar a minha bicicleta em um avião. Com certeza você também vai arrumar seu jeito e vai levar a sua magrela sem grandes problemas.

Espero que faça boa viagem e curta muito seu passeio.

Abraços e boas pedaladas.

mauricio gouveia, andando de bike, blog andando de bike, site andando de bike, como transporta sua bike no avião, trasporte de bicicleta, mala bike, corisco, specializes, transportando a bike

 

 

 

Sobre andandodebike

Olá, meu nome é Mauricio Gouveia, sou ciclista e fotógrafo e nesse Blog vou contar um pouco pra vocês sobre os lugares que eu pedalo e, dessa forma, quem quiser pedalar nesses lugares terá um pouco de informação de como chegar, por onde começar, distancias, dificuldades e outros detalhes. Ajudem a compartilhar e divulgar esse Blog pra que mais pessoas aproveitem as dicas e peguem suas bikes pra fazer essas pedaladas que são muito bacanas e faz muito bem pra vida. Espero que gostem e por favor comentem e deixem recados pra me ajudarem a construir um lugar interessante de informações pra quem quer se divertir de bicicleta. Abraços. Mauricio Gouveia

Recommended for you

5 Comments

  1. Akio Tokuyosi

    29 de setembro de 2015 at 16:52

    Obrigado pela postagem, tirou minhas dúvidas.

  2. JoséCarlos Silva Fonsec

    22 de novembro de 2015 at 21:36

    Eu viajei de Santa Catarina para Porto Portugal, passando ainda por MAdrid Espanha. Fica aqui minha “experiencia”
    http://blogdozipi.blogspot.pt/2015/11/preparando-sua-bicicleta-para-uma.html

    • andandodebike

      2 de dezembro de 2015 at 17:35

      Obrigado por compartilhar a experiência, vou ler tudo com tempo… Valeu!!!

  3. Nusa

    25 de janeiro de 2016 at 13:37

    Grata por compartilhar, sempre bom ouvir a experiência das pessoas, para que evitemos as más surpresas.

    • andandodebike

      29 de maio de 2016 at 07:33

      Obrigado por acompanhar!!! Abraços!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *